Digitalização financeira: conheça três benefícios para o varejo e os consumidores

Digitalização financeira: conheça três benefícios para o varejo e os consumidores

A transformação digital vem revolucionando todos os setores e o varejo é um dos mais impactados pelas inovações e facilidades que ela traz. Segundo uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), em 2021, o crescimento de varejistas que apostaram na transformação digital foi de 21%. O estudo também revelou que 57% desses empresários acreditam que a transformação digital é uma prioridade, fazendo parte de planos estratégicos, com investimentos e ações definidas — em 2020, esse percentual era de 42%.

“A digitalização é um caminho sem volta, apesar de ainda ser um desafio para algumas empresas, que seguem tendo alguma resistência à tecnologia. Mas quem não se adapta, fica para trás. Além dos benefícios para os negócios, do ponto de vista operacional e de resultados, ela é desejada pelo consumidor, que está antenado nas inovações e busca esse diferencial. Esse é um futuro que veio para facilitar as duas pontas e ficar de fora dessa transformação não é uma opção para quem quer se manter competitivo no mercado”, avalia Anderson Locatelli, CEO da Sled, fintech criada para revolucionar o varejo físico com produtos financeiros inovadores.

A mesma pesquisa da SBVC apontou que 94% das soluções adotadas no atendimento do consumidor se concentram em meios de pagamento, um diferencial competitivo que tem grande impacto na experiência de compra. A Sled, por exemplo, é responsável pela única solução do mercado que entrega troco digital creditado diretamente no CPF do consumidor, o Sled Troco, podendo ser usado por meio de carteiras digitais com rendimento de 3,65% a.a ou debitado em compras futuras. Além de diminuir filas no varejo físico e ficar rendendo na nuvem, a solução reduz o quebra de caixa e toda a operação onerosa envolvendo dinheiro em espécie nas lojas. 

Locatelli destaca que esse momento de transformação digital é muito propício para o varejo e cita três grandes vantagens da digitalização financeira: 

Pagamentos e transações mais rápidas. Além de aumentar a diversidade de meios de pagamento, a tecnologia permite que operações financeiras sejam efetuadas com mais velocidade, às vezes em questão de segundos – e essa agilidade deve ser ainda mais reforçada com o 5G.

Segurança e proteção de dados: a automatização por meio de softwares e programas baseados em cloud e inteligência artificial aumentam a segurança de sistemas e a proteção de dados com protocolos mais rígidos e planejados.

Transações internacionais mais baratas. As transações financeiras internacionais costumam ser caras, especialmente quando envolvem conversão de moeda. Soluções digitais simplificam essas operações, reduzindo seus custos.