Golpes de leilões de carros voltam com tudo; saiba como evitá-los

O golpe não é novo, mas voltou com tudo em 2022. Com a alta nos preços dos veículos novos e usados, causada principalmente pela escassez dos semicondutores e consequências da covid-19 na economia, o consumidor vem buscando alternativas para comprar carros por preços mais acessíveis, e um desses caminhos são os leilões de veículos.

Existem, de fato, empresas e instituições sérias que fazem leilões de verdade, como por exemplo, os leilões da Receita Federal, Detran’s, bancos e locadoras de carros. Mas essa é a deixa para os criminosos digitais confundirem os consumidores, que vão aos buscadores, para encontrar sites de leilões, e lá encontram resultados de sites que parecem oficiais, mas na verdade, são falsos. Esses resultados aparecem, inclusive, nos anúncios promovidos no Google ou Facebook.

Ao abrir o site, você acredita que realmente está em um site oficial de leilão, é tudo bem parecido ou igual, mas o endereço ou URL não é oficial, e atrai as pessoas pela facilidade para os lances, valores baixos e até materiais e informações que seriam para comprovar a idoneidade do negócio.

Site Confiável (siteconfiavel.com.br), plataforma que ajuda consumidores a evitarem golpes na internet, identificou um grande volume de sites com essas mesmas características nos últimos meses e alerta consumidores para terem cuidado, pois os prejuízos relatados nessa modalidade de golpe são altos.

Embora parecidas, o usuário deve ficar atento ao endereço do site, para verificar se está realmente no site oficial de uma empresa séria, além disso, verificar também o tempo de registro do domínio, que pode ser outro indicador. O próprio Site Confiável, verifica o domínio e ajuda, de forma simples e rápida, os usuários a identificarem o tempo de existência do site. No geral, os sites clonados possuem poucos dias ou meses de existência.

A plataforma identificou mais de 20 sites diferentes, que repetem os mesmos mecanismos fraudulentos e tentam atrair consumidores para os golpes. Recentemente, o Detran do estado de Mato Grosso do Sul emitiu nota sobre um site falso, que estava aplicando golpes em nome da instituição.

Também em nota, a Receita Federal, alertou sobre a existência de páginas fraudulentas na internet que tentam simular o Sistema de Leilão Eletrônico (SLE) oficial da Instituição. Os falsos endereços usam inclusive o logotipo da Receita Federal indevidamente para dar credibilidade ao serviço. Essas páginas, embora visualmente semelhantes à original, são falsas e, portanto, não são fonte confiável de informação.

Alessandro Fontes, co-fundador do Site Confiável recomendou cautela nas buscas por sites de leilões. Se você quer ver informações sobre leilões de um determinado banco ou instituição, acesse o site oficial da empresa e procure dentro do site sobre os editais de leilões e jamais pague via WhatsApp ou para conta de terceiros. 

O site oficial para leilões da Receita Federal, pode ser acessado através do link: http://www25.receita.fazenda.gov.br/sle-sociedade/portal.