Startup cria jornada interativa para quem precisa decorar ambientes

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que o Brasil sofre atualmente com a falta de 7,7 milhões de residências, evidenciando o mercado imobiliário como uma boa opção de investimento. De olho nesse movimento e com o objetivo de ajudar os investidores a deixar imóveis mais atrativos para revenda ou aluguel, a La Decora utiliza a sua base de dados de inteligência para criar uma decoração mais assertiva de acordo com as preferências do público, o que pode valorizar a casa ou apartamento em até 5%.

A startup oferece uma tecnologia única no mercado ao realizar projetos online de forma fácil e acessível a partir de uma jornada interativa e gamificada em que os clientes respondem com suas preferências.“Essas informações coletadas formam um banco de dados rico com as principais escolhas do público e utilizamos esses dados para fazer projetos muito mais assertivos para investidores que querem vender e alugar esses imóveis”, explica Guilherme Hathy, CTO e cofundador da La Decora.

“Isso faz com que o dono do imóvel invista pouco na decoração, já que com nossa tecnologia conseguimos oferecer projetos 80% mais econômicos do que da forma tradicional, e também com mais agilidade. Na La Decora os projetos são entregues 15 vezes mais rápido, o que também é importante para o investidor que quer realizar a venda ou locação o quanto antes”, complementa Hathy. 

Entre as informações estão dados sobre quais móveis, cores, revestimentos,  materiais preferidos no geral, de todos os ambientes de uma casa. Um exemplo prático de como esses dados revelam a preferência do público está na decoração de um banheiro. Segundo as informações compiladas pela La Decora, 89% dos seus respondentes preferem o espelho cromado, 80% optariam por um ambiente com tons claros, além de 55% preferirem granito na bancada. 

Home Staging

A aplicação do Home Staging, que são as técnicas de decoração utilizadas em imóveis para facilitar a sua venda ou locação, por exemplo, pode valorizar até 5% o imóvel, gerando uma lucratividade maior, além de agregar um diferencial e consequentemente atrair mais clientes. “O principal objetivo dessa estratégia é tornar o espaço mais atraente, agradável e funcional, buscando o interesse de investidores em potencial, valorizando e acelerando a venda do imóvel”, explica.

De acordo com um estudo realizado nos Estados Unidos pela National Association of Realtors (NARS), o Home Staging possibilita que um imóvel seja vendido até 50% mais rápido em comparação a outro que não teve a aplicação dessa estratégia. A ferramenta tem sido muito utilizada, por exemplo, nos Estados Unidos, onde já é aplicada em mais de 86% dos imóveis à venda.

Tendo essas informações em mente e aplicadas no projeto de decoração, o investidor tem uma chance bem maior de agradar os possíveis interessados pelo seu imóvel por meio de uma decoração gerada via inteligência de dados.

“Nossa ideia como empresa é de que a decoração não pode se transformar num gasto ainda maior para o investidor, mas sim um auxílio na hora de revender ou alugar esse imóvel adquirido”, finaliza o CTO e cofundador da La Decora.