Seis pontos que podem resultar na falência de uma empresa

O mercado empresarial ao mesmo tempo que se mostra atrativo devido aos lucros que podem ser obtidos por quem trabalha bem uma gestão de negócios, pode se revelar cruel com quem não entende seu funcionamento. Em outras palavras, uma má-gestão pode engolir qualquer que seja o empreendimento, seja ele de que tamanho for.

Foi pensando em orientar empreendedores no sentido de salvá-los desse engolir do mercado que o especialista em neurolinguística e também mentor empresarial Gustavo Medeiros elaborou uma lista com seis pontos que podem levar sua empresa à falência e que consequentemente precisam ser evitados.

1- Falta de controle emocional

“Muitos empresários ainda negligenciam isso. Não possuem controle emocional. Quem não se desenvolve intelectualmente não consegue ter equilíbrio. Com isso, ele acaba sendo um gestor fadado a tomar uma série de decisões erradas, muitas vezes baseadas apenas na emoção. Então é preciso ter esse controle. Quanto mais equilíbrio o empresário tiver, mais ele vai enxergar pontos cruciais para a manutenção do seu negócio”, comentou.

2- Não ter noção dos problemas

“Não ter clareza do tamanho do problema que está vivendo pode ser fatal. Fatal porque isso resulta num conduzir os rumos da empresa de forma equivocada e divergente da necessária. Não tem clareza do problema, acha que ele é maior do que é, não consegue mapeá-lo e acaba tomando decisões erradas para aquele momento”, disse.

3- Não ter estratégias claras

“Não ter campanhas bem planejadas. Não ter planejamento prévio. Isso faz com que muitos pequenos e médios empresários pensam no que vão fazer em determinado período já com ele em curso. Então mesmo que ele a coloque em prática, até que seus colaboradores a entendam, que o meio digital tenha sua estratégia posta em prática, já se perdeu muito tempo e muitas vezes não há como recuperar”, mencionou.

4- Não ter conhecimento de quem é realmente o seu público

“Se você vende açúcar, não é a diabéticos que seu produto será oferecido, confere? É preciso saber qual é o público que mais compra da sua empresa. Muitos empresários me relatam que vendem pra todo mundo. Ok. Mas quem é o cliente que mais te compra? Novo, velho, criança, mulher, homem? Busque sempre saber onde seu produto é mais aceito e concentre forças ali”, falou.

5- Equipe desalinhada

“Uma equipe de colaboradores sem estratégia, sem motivação e que não tem orientação clara do plano de ação pode também ser fatal. Então é preciso que o gestor aponte com clareza para onde sua equipe deve ir”, explicou.

6- Não acreditar no seu negócio

“Ter sentimento de derrotado é o aceleramento do fim. Repito: as empresas quebram primeiro na cabeça do dono. Se sua empresa está indo para o ‘buraco’, com certeza na sua cabeça ela já foi”, finalizou.