Troco digital acaba com filas no varejo e reduz mais da metade do tempo de fechamento de caixa

Dados do Banco Central apontam que 61% dos varejistas enfrentam a falta de moedas e quase 90% dos consumidores preferem pagar em dinheiro compras de até dez reais, um desafio para quem lida com a falta de troco. Em dias de grande movimento de vendas, como os que antecedem o Dia das Mães, esse problema é ainda pior, contribuindo para a formação de filas e a irritação dos clientes, o que prejudica a fidelização e a reputação do negócio.

De olho nessa demanda do mercado, a Sled, plataforma pioneira que conecta o varejo físico com produtos financeiros inovadores, disponibiliza uma solução que beneficia as duas pontas do negócio: consumidor e varejista. O Sled Troco é a única solução do mercado que entrega troco digital creditado diretamente no CPF do consumidor, podendo ser usado por meio de carteiras digitais com rendimento de 3,65% a.a ou debitado em compras futuras. Para o varejo, a solução representa redução de quebra de caixa e de toda a operação onerosa que envolve dinheiro em espécie. 

“Além de ser uma conveniência e um novo meio de pagamento para o consumidor, o Sled Troco é um diferencial para as empresas, pois reduz em mais da metade o tempo médio de fechamento do caixa, já que esse processo é feito de maneira automatizada e exibida em formato de relatório no sistema”, explica Anderson Locatelli, CEO da Sled.

A utilização do Sled Troco é simples. Os lojistas precisam apenas integrar o PDV da loja à Sled e oferecer a opção de troco digital ao consumidor, quando ele estiver no caixa para pagar sua compra. O cliente, por sua vez, precisa somente apresentar o CPF ao lojista para ter o valor do troco creditado. Cerca de 350 mil brasileiros já aderiram à solução.