Dicas para melhorar a gestão de benefícios nas empresas

Foi-se o tempo em que apenas um bom salário era suficiente para tornar uma empresa atraente. Atualmente, as organizações mais disputadas no mercado são aquelas que oferecem vantagens além das garantidas pela legislação trabalhista (FGTS, vale-transporte, férias e 13º salário). Dados da pesquisa “O Futuro da Vida no Trabalho”, feita pela Sodexo Insights em parceria com a Harris Interactive, revelam que 92% dos trabalhadores remotos se sentem mais engajados e motivados com benefícios médicos e de saúde, seguido por programas de recompensa, como os cartões presente (87%).

Por isso, investir em uma boa gestão de benefícios é uma ação necessária para as empresas que buscam profissionais que estejam alinhados com a sua cultura organizacional. Em uma rotina cada vez mais corrida e com tantas tarefas, contar com apoio psicológico e/ou social podem fazer a diferença para o trabalhador e seus familiares. Quem busca se exercitar, valorizará o auxílio-academia. Aqueles que vão de carro para o trabalho, provavelmente vão querer o vale-combustível. Diante de tantas necessidades, as empresas precisam estar atentas em atender cada perfil de trabalhador. A Sodexo Insights, plataforma de pesquisas, estudos e análises relevantes no mercado e para o mercado da Sodexo Benefícios e Incentivos, preparou uma série de orientações que podem ser conferidas na íntegra aqui.

“Conceder bons benefícios que atendem as reais necessidades de cada um é uma das razões pelas quais as pessoas vestem a camisa da empresa, apresentam bons resultados e não pensam em trocar de emprego. Isso porque, os profissionais de alta performace buscam trabalhar em locais que valorizam o seu potencial e bem-estar. Sendo assim, muito além de aumentar o engajamento da equipe, o investimento em uma boa gestão de benefícios é uma ação estratégica de atração e retenção de talentos, e reforça a imagem de marca empregadora da companhia. Na Sodexo, por exemplo, queremos fazer a diferença na qualidade de vida das pessoas, justamente por entendermos que funcionários são propulsores dos valores da marca”, afirma Fabiana Galetol, Diretora de Recursos Humanos da Sodexo Benefícios e Incentivos.

Vale lembrar que pela lei cada benefício possui uma utilização específica. O vale-refeição e alimentação, por exemplo, não devem ser utilizados para outros fins que não seja o de se alimentar conforme determina o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), criado em 1976 pelo Governo Federal.

“Na Sodexo é possível encontrar o mais completo pacote de benefícios, tendo entre as opções o vale-refeição e alimentação, o Apoio Pass, que oferece suporte psicológico, jurídico, social e financeiro para os funcionários e seus dependentes, além de Gympass, seguro de vida entre outros. As empresas que adquirem os nossos benefícios contam com consultores especializados que vão ajudar a otimizar a gestão, trazendo mais resultados para o negócio e satisfação para os seus colaboradores”, finaliza a executiva.

Confira a seguir as dicas:

  • Conheça o perfil dos colaboradores: Olhe para dentro, perceba que há uma diversidade no quadro de funcionários e que eles certamente têm necessidades diferentes. É fundamental conhecer as pessoas para entender de que elas realmente precisam. Por exemplo: colaboradores da geração millennial provavelmente valorizarão benefícios mais flexíveis e focados no bem-estar. Leve em conta a opinião dos colaboradores e dê opções para que cada um possa escolher o que for mais interessante de acordo com seu perfil.
  • Oriente sobre a gestão dos benefícios: Todos devem estar a par das regras envolvidas na política de benefícios. É importante que cada um saiba quais são seus direitos e tudo o que envolve os benefícios contratados. Deixe tudo muito claro e abra um canal para resolver possíveis dúvidas ao longo do caminho. Os colaboradores precisam estar cientes de quais são os tipos de benefícios que a empresa oferece. Ao esclarecer esse ponto, é possível evitar o desencontro de informações e a insatisfação.
  • Atenção ao gerenciamento de custos: Para ser bom para todos os lados, faça um planejamento estratégico. É preciso que o custo-benefício valha a pena para os colaboradores e para o negócio. A Sodexo conta com consultores especializados que ajudam a encontrar as melhores soluções para cada empresa.