Fintech lança plataforma que facilita a compra individual de ações e ETFs no exterior

A Nomad, fintech que permite aos brasileiros a abertura de conta corrente e investimentos em um banco norte-americano de forma 100% digital, anuncia o lançamento da sua plataforma de compra e venda de ações e ETFs. Com esta novidade, o usuário poderá negociar papéis das principais empresas e fundos das bolsas americanas sem limite mínimo de valor, com execução instantânea das ordens de compra e venda. Desta forma, ele tem mais flexibilidade para escolher os ativos que mais se encaixam no seu perfil.

A ferramenta, criada para trazer inovação ao dia a dia de diversos tipos de investidores, estará disponível a partir de hoje, 09 de maio. A atualização da nova feature no aplicativo se dá de forma automática. Assim, quem tem a conta investimento aberta já poderá usar a plataforma a partir do lançamento.

De acordo com o CEO da Nomad, Lucas Vargas, a novidade visa garantir uma experiência sem burocracias para qualquer pessoa que queira começar a investir no exterior. “O aplicativo conecta investidores às melhores ações e ETFs do mercado global, com um formato acessível e com a possibilidade de realizar compra e venda de ativos em segundos, de maneira 100% digital”, diz. “O foco da novidade é a simplicidade e rapidez para investir, sem exigir um grande conhecimento técnico e sem precisar fazer um aporte elevado de dinheiro”, completa.

Segundo o head de Investimentos da fintech, Caio Fasanella, os clientes têm total liberdade para acessar ativos de diferentes tipos e níveis de risco. “Os consumidores podem escolher como montar as suas carteiras de investimentos. Portanto, há a possibilidade de acesso a ações e fundos de alto ou baixo risco”, destaca. “Investir na bolsa não precisa ser algo complexo e inacessível. Por isso, estruturamos o aplicativo para ser aberto a novos públicos, que não tenham necessariamente uma experiência prévia com o mercado financeiro. Atendemos tanto o investidor experiente quanto o usuário que quer começar a aprender sobre investir no mercado americano”, reforça.

Vantagens de investimentos no exterior

Dentre os ativos que podem ser acessados na plataforma, estão aqueles que correspondem a ações ou fundos internacionais atualmente negociados na Bolsa de Valores brasileira, a B3. “Com a Nomad, o cliente economiza ao investir diretamente no exterior no que se refere aos BDRs (Brazilian Depositary Receipts), ou mesmo aos ETFs, em que os fundos brasileiros são espelhos mais caros”, explica Fasanella.

Além de uma maior economia e custos menores, o investimento direto no exterior possibilita o fracionamento de ações. “Quando a pessoa investe diretamente nas bolsas americanas, ela pode comprar o valor que quiser, da ação que quiser, diferentemente do mercado nacional, que possui um mercado fracionário pouco líquido. O próprio acesso ao mercado financeiro norte-americano – o maior do mundo – é uma grande vantagem por conta do volume negociado e quantidade de ações e ETFs negociados”, finaliza o head de Investimentos.

Vantagens da conta internacional

Os benefícios para os investidores com o novo produto da fintech são combinados a diversas outras vantagens de se ter uma conta internacional, como os impostos reduzidos. Um deles é o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), que é de 1,1% para a conta corrente e 0,38% para a conta investimento, sendo aplicado apenas para remessas de valores do Brasil para os Estados Unidos e sem cobrança adicional para uso da conta.

Ter uma vida financeira em dólar, moeda que impacta diretamente toda a economia mundial, também é um fator relevante na jornada financeira de cada investidor. Junto disso, o cliente possui facilidade para realizar as remessas do Brasil para os Estados Unidos e utilizar o cartão de débito internacional (físico ou virtual) em vários lugares do mundo, incluindo a possibilidade de uso de carteiras digitais.