Fintech implanta possibilidade de parcelamento do pix em quatro vezes

Fintech implanta possibilidade de parcelamento do pix em quatro vezes

O aumento na Selic e, consequentemente, nas taxas de juros tem impactado diretamente no custo de diversos serviços e vêm preocupando lojistas e consumidores. 

De um lado, temos as lojas buscando alternativas para aumentar as vendas, a margem de lucro e diminuir os custos operacionais, e de outro, os consumidores têm optado por meios de parcelamento mais acessíveis, sem juros e sem burocracia.

Neste contexto, a Pagaleve, fintech brasileira que possibilita ao varejo oferecer como meio de pagamento o pix em 4 vezes sem juros, é uma excelente alternativa.

O pix parcelado da Pagaleve é um meio de parcelamento inteligente em que não há a cobrança de juros. Em caso de atrasos, o consumidor paga apenas uma taxa de R$ 10 para compras abaixo de R$100, ou de R$ 20 para compras acima de R$ 100.

Além deste meio de pagamento ser mais atraente para o consumidor por ser simples, fácil, seguro, leve e sem juros, também é muito atraente para os lojistas já que a Pagaleve, não cobra taxas para repassar a eles os valores das compras: os varejistas já recebem 100% no dia seguinte, ou seja, o lucro chega mais rápido na conta de quem vende.

Algumas instituições financeiras já trabalham com o parcelamento através do PIX, com a modalidade PIX Garantido, produto do Banco Central com previsão de lançamento para 2023. Nesta versão, com juros, as taxas sobre as transações variam entre 2% e 3,99% e o custo total do produto, muitas vezes, fica o dobro.

A Pagaleve inovou trazendo um serviço exclusivo de parcelamento inteligente que atende da melhor forma consumidores e o varejo.