Mercado imobiliário agora aposta em experiência verde

 A tendência de maximizar experiências ao ar livre está no radar de construtoras e incorporadoras no país. Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) em parceria com a Brain Inteligência Estratégica divulgada pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) apresentou como preferência dos consumidores (57%) a busca por imóvel que tenha espaços arejados e integrados com a natureza.

A preocupação é ainda maior dos jovens da geração Y, nascidos entre 1985 e 1999, que têm sido responsáveis por mudanças significativas no setor imobiliário. No litoral norte de Santa Catarina, apartamentos com grande oferta de serviços e áreas de convivência em meio a natureza têm sido cada vez mais valorizados por consumidores dessa faixa etária. É o que apontou levantamento feito pelo Grupo Prospecta, empresa de inteligência de mercado, com pessoas de diversos estados, sendo que mais de 90% moram em Santa Catarina. De acordo com a pesquisa, mais de 50% dos entrevistados pagariam mais caro no imóvel se o empreendimento viesse equipado com itens como: redário, academia ao ar livre, área gourmet externa, jogos ao ar livre e espaço yoga.

“A pandemia acelerou a busca por imóveis em áreas verdes e os espaços ao ar livre estão se tornando uma grande prioridade para os consumidores. As construtoras estão cada vez mais atentas a essa realidade para oferecer imóveis com esse perfil como é o caso do Parque Camboriú, com 8.500m² de área preservada, pista de caminhadas em meio ao verde, espaço fitness ao ar livre, área de yoga, espaço zen e redário ao ar livre”, avalia o diretor da Sagapes Bruno Sagas que faz a gestão de vendas do empreendimento.

Outra preferência é por imóveis compactos, com menos de 70m², com ampla oferta de serviços e espaço coworking. “Serviços como lavanderia e pet shop estão entre as praticidades que iremos oferecer dentro do empreendimento, além da ampla oferta de comércios ao redor do empreendimento. É uma característica valorizada por compradores e também por aqueles que desejam deixar o imóvel para aluguel por aplicativo”, avalia o gestor.