Tecnologia é imprescindível nos processos de produção industrial

Nos últimos anos, a indústria tem passado por um processo de automação com o uso de inteligência artificial, computação na nuvem, análise de dados, internet das coisas, machine learning, entre outros. A chamada indústria 4.0 trouxe mudanças significativas para os processos de produção e para os modelos de negócios, pois impacta diretamente nas taxas de produtividade, além de otimizar os recursos.

Estima-se que até 2025 esses processos poderão reduzir custos de manutenção de equipamentos entre 10% e 40%, reduzir o consumo de energia entre 10% e 20% e aumentar a eficiência do trabalho entre 10% e 25%. Aqui no Brasil, dados do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), divulgados em 2019, comprovam que o uso das tecnologias digitais na indústria aumentou em média 22% a capacidade produtiva de micro, pequenas e médias empresas de diversos segmentos como alimentos/bebidas e vestuário/calçados.

Para que esta “produção inteligente” seja colocada em prática, é necessária a implementação de equipamentos de rede robustos que suportem diversas máquinas interconectadas e sem margem para falhas.

“Produtos de rede são estruturas fundamentais para o bom funcionamento da indústria, portanto é necessário que as áreas de produção e tecnologia da informação trabalhem em conjunto não somente na implementação, mas também no dia a dia”, aconselha Diogo Nakazawa, gerente de produtos de SMB da Zyxel Brasil.

A Zyxel possui diversos produtos ideais para atender qualquer demanda da indústria e chão de fábrica. Um exemplo disso é a Frigol, uma empresa com mais de 40 anos de experiência no setor de frigoríficos, que após a implementação dos produtos da marca, constatou que todos os problemas de perda de conexão, alcance e desempenho foram resolvidos, inclusive nas câmaras frias e túneis de resfriamento.

“Nesse caso usamos Access Points profissionais da linha NWA, que oferecem controle de interferências, facilidade no gerenciamento e configuração da rede e de operar em baixas temperaturas. Ficamos muito felizes com o resultado que atingimos lá e os clientes também”, comenta Nakazawa.