Empresa oferece solução para desenvolvimento de couro sintético mais sustentável

Como alternativa sustentável ao couro genuíno, o couro artificial à base de poliuretano (PU) é bastante utilizado para a fabricação de bolsas, sapatos, roupas e produtos de uso diário, como assentos de automóveis e móveis. Apesar do processo de fabricação mais ecológico, sua produção, à base de solventes, ainda impõe um impacto negativo ao meio ambiente.

No desenvolvimento de soluções para uma produção sustentável do couro artificial, a empresa Evonik chegou a aditivos especiais adequados para processos “verdes”, que substituem a tradicional fabricação base solvente e contribuem para o avanço da sustentabilidade na cadeia global de têxteis, couro e calçados.

São soluções baseadas em isoforona para dispersões de poliuretano à base de água que estão em conformidade com a lista de substâncias restritas na manufatura (MRSL) do Programa de Descarte Zero de Produtos Químicos Perigosos (ZDHC – Zero Discharge of Hazardous Chemicals), da indústria têxtil.

Os produtos finais alcançam benefícios como resistência às intempéries, durabilidade, boa flexibilidade e desempenho mecânico, toque suave e aparência de alta qualidade.