Vídeo com currículo em rede social é tendência que pode chegar ao Brasil

Nos últimos dias, a rede social TikTok anunciou novidade para seus usuários: agora será possível enviar currículos em forma de vídeo. No entanto, a iniciativa chama a atenção do público em geral, que habitualmente adotou a plataforma como espaço para entretenimento e não para fins profissionais.

A proposta do TikTok Resumes é que os candidatos às vagas de empregos mostrem suas experiências e qualificações de uma maneira criativa. No entanto, essa iniciativa ainda é válida oferecida por empresas dos Estados Unidos, o que não quer dizer que tal ideia não seja implantada um dia por aqui.

Para o especialista em produção de conteúdo digital e CEO da TabeLab, Fred Furtado, essa proposta permitirá que a pessoa possa se comunicar de uma nova maneira, saindo do tradicional currículo de texto: “Se o recrutador já utiliza essa plataforma, é sinal de que ele está familiarizado com a maneira que ela funciona. Então uma dica que posso dar é: se você é uma pessoa divertida e carismática, aproveite que este pode ser um lugar para mostrar suas habilidades e qualidades e certamente encontrará um lugar de trabalho que valoriza esse jeito de ser”.

Outro detalhe que ele aponta é que “as empresas têm procurado gente para trabalhar, e não robôs. São pessoas que cada vez mais se aceitam, que tem o seu próprio empoderamento, que tem posições firmes, e uma presença digital forte também”.  Devido à informalidade de uma rede social, Fred mostra como ela pode ser usada a favor do candidato: “A pessoa pode fazer uma dancinha, por exemplo, para contar suas habilidades. Use aquele princípio da rede social para algo a seu favor”.

Além disso, Fred lembra que assim como a versão tradicional, é fundamental manter o currículo atualizado e com informações concretas: “As empresas estão se abrindo cada vez mais para o meio digital. Por isso, ao gravar o vídeo, lembre-se de sempre manter o conteúdo em dia, pois assim quando você tiver a possibilidade de você ser chamado para uma entrevista, o recrutador vai perguntar daquilo que você publicou no vídeo”.