Setor imobiliário investe em tecnologia para conquistar clientes

Só quem já bateu perna atrás de um imóvel para comprar ou alugar sabe o quanto essa tarefa é cansativa e, muitas vezes, demorada. Sem contar a burocracia. Foi o que o advogado Luis Pedro de Oliveira pensou quando foi procurar um local para estabelecer seu escritório. Ele e os dois sócios visitaram várias imobiliárias, mas foi pelo meio digital que o negócio foi fechado. 

“É difícil parar os três sair pela cidade olhando imóveis. Ou de repente, ir até o estabelecimento e se sentar, explicar o que a gente estava procurando e ver os imóveis no computador, como era feito antigamente. Estava muito mais prático pelo atendimento virtual”, ressalta.

Com as agendas sempre cheias, os advogados escolheram a praticidade na hora de definir a imobiliária e conseguiram fazer praticamente tudo, sem sair do escritório. “Vi o imóvel no site, entrei em contato com a corretora pelo aplicativo de mensagens. Ela acompanhou todo o processo comigo até a assinatura do contrato. Foi tudo on-line, só passei lá para pegar as chaves para fazer a visita”, conta.

Chatbots no ramo imobiliário

E muita gente tem preferido fechar negócios da mesma forma que Luis Pedro. Segundo pesquisa da Infobip “Navegando na Experiência do Cliente Pós-pandemia”, 69% dos consumidores brasileiros estão satisfeitos com o uso de chatbots para atendimento. 

A aprovação do cliente se reflete em números. A startup curitibana Firefly, que desenvolveu uma plataforma para gestão de equipes imobiliárias e atendimento a clientes por meio eletrônico, registrou um crescimento de 500% entre 2019 a 2021. O CEO da empresa, Rhuan Moraes, explica que a ferramenta realiza os primeiros passos junto ao potencial cliente por meio de robôs, o que permite que corretores foquem a atenção nos clientes já em andamento.

“Não buscamos substituir outras ferramentas, mas somar. Atualmente, temos integração com mais de 20 sistemas/ferramentas imobiliárias e CRMs, onde quem ganha é o cliente, pois otimiza recursos, agiliza operações e mais uma vez ganha tempo”, reforça. Moraes destaca ainda que os chatbots simulam um atendimento real e mais “humanizado”, com disponibilidade 24 horas por dia e 7 dias por semana.

As novas ferramentas auxiliam desde o atendimento ao cliente até a própria administração do negócio. A imobiliária onde a corretora Michele Santos trabalha investiu na solução oferecida pela Firefly para se diferenciar no mercado. Quase 1.500 potenciais clientes entraram em contato com a empresa por meio da plataforma digital, dos quais 67 fecharam negócio e há outras negociações em andamento. 

“Usamos esse recurso desde 2019 para atender os potenciais clientes com mais prontidão. Conseguimos otimizar o tempo de atendimento e, consequentemente, fechar mais negócios. Tudo ficou mais ágil e acessível, e os clientes conseguem quase tudo sozinhos na nossa plataforma”, explica Michele.