Lições do clássico “A Arte da Guerra” para a vida

Escrito no século IV antes de Cristo, o clássico A Arte da Guerra reúne 13 ensinamentos do general e filósofo chinês Sun Tzu. As estratégias sobre planejamento e liderança não são usadas apenas por militares. Líderes empresariais também podem seguir os ensinamentos para alcançar o sucesso.

Além de ajudar qualquer pessoa a mudar a percepção de mundo, a nova edição brasileira, que está em pré-lançamento pela Editora Edipro, traz os insights atemporais que atravessam milênios e se mantêm relevantes até os dias atuais.

Todas as estratégias são aplicáveis em qualquer área da vida e instruem desde táticas para conseguir a vitória ou abreviar o caos, até reconhecer a importância de delegar para avançar. Estes são conhecimentos indispensáveis em ambientes competitivos e cenários desafiadores.

Com tradução direta do chinês, feita pelo filósofo sino-brasileiro Chiu Yi Chih, a obra é leitura obrigatória para empreendedores, executivos, gestores, universitários e militares, entre outros. Confira sete lições retiradas do livro e se inspire a conhecer o mais importante tratado militar de todos os tempos:

  • Qualquer um pode ser um soldado;
  • O intelecto é maior que a força bruta;
  • Mantenha suas estratégias em segredo;
  • Seja crítico na hora de analisar as situações;
  • Trate seu inimigo como um igual;
  • Saiba reconhecer seu real desejo;
  • O impulso é o seu pior inimigo.