Vai viajar no fim do ano? Não esqueça de regularizar o IPVA

Em época de final de ano, é comum que as pessoas comecem a se planejar financeiramente seja para as viagens de férias ou até mesmo para não iniciar o próximo ano no vermelho. Com os ‘temidos’ gastos fixos do início do ano, como o IPVA – Imposto sobre Propriedade do Veículo, por exemplo, é preciso avaliar as melhores soluções para regularizar esse tipo de débito.

Neste caso, o primeiro passo é verificar a situação do seu veículo, se todos os documentos estão em ordem. “A regularização de débitos do automóvel é essencial para fugir de problemas independentemente da época do ano”, destaca Kléber Mea, Diretor da Listo, fintech brasileira que promove autonomia financeira a seus clientes, por meio de soluções de pagamento, crédito e gestão financeira para PMEs.

“Levando em consideração aqueles que não realizaram o pagamento nos anos anteriores e vão pegar a estrada (ou não), é importante quitar as dívidas o quanto antes para evitar  multas ou até a apreensão do veículo”, complementa o executivo.

Opções de parcelamento

Para quem ainda está em débito em relação aos anos anteriores, ou não está preparado para quitar o imposto do ano seguinte e vai ter problemas para parcelar apenas em 5 vezes, limite permitido pelo Detran, existem outras opções de parcelamento no mercado.

“Com o intuito de facilitar o pagamento dos consumidores, na Listo oferecemos a opção de parcelamento em até 24 vezes usando o Débito Fácil em estabelecimentos parceiros como despachantes. O sistema é dedicado à consulta e quitação de débitos veiculares e está vinculado ao Detran”, destaca o executivo.

Outras despesas

Caso a situação do seu IPVA esteja regularizada e a preocupação seja criar um planejamento financeiro para o pagamento do imposto este ano, é válido entender quais são as opções disponíveis e que cabem melhor no seu bolso. Para o pagamento à vista, em alguns estados são oferecidas condições especiais. Em São Paulo, por exemplo, você poderá ter um desconto de 9% considerando o valor total do débito.

Para quem não quer se apertar, o parcelamento do valor total pode ser uma boa saída. “Com essa estratégia e organização, é possível que o cliente melhore o fluxo de caixa para não concentrar todas as despesas fixas mais altas apenas em janeiro e fevereiro” finaliza o executivo.

Para pagar o IPVA pelo Débito Fácil, basta o consumidor buscar um dos estabelecimentos parceiros da Listo para realizar o pagamento da dívida em até 24 vezes no cartão de crédito. Pela plataforma também é possível pagar multas de trânsito, licenciamento ou qualquer outro pagamento envolvendo o veículo. O sistema oferece opções de parcelamentos facilitadas, além de todo o suporte oferecido pelos despachantes.