A Coluna do Roberto Maciel (quinta, 6.6): Já está na hora de criar o “Ministério do Namoro”, Lula!

A Coluna do Roberto Maciel (quinta, 6.6): Já está na hora de criar o “Ministério do Namoro”, Lula!

  • Quando assumiu a Presidência da República pela terceira vez, em 2023, Lula brincou dizendo que iria criar o “Ministério do Namoro” – o presidente lembrava que o brasileiro estava entrando, mais uma vez, numa era de esquecer o ódio e trocar os sentimentos ruins por amor, tão básico quanto necessário. Não foi por isso que os bolsonaristas deram o frustrado golpe de estado em 8 de janeiro de 2023, imagina-se. Mas a ideia do namoro com Lula vem ganhando argumentos, veja só!. Repare nesse: os consumidores de Fortaleza estão dispostos a gastar mais dinheiro para celebrar o Dia dos Namorados – e para aquecer a economia. Os dados são de fonte insuspeita: pesquisa sobre o Potencial de Consumo do Fortalezense para a data, do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), subordinado à Fecomércio-CE. O estudo indica potencial de faturamento de R$ 240 milhões no varejo com a compra de presentes e outros mimos, o que representa avanço de 14,4% em relação às vendas dessa comemoração em 2023.

Terra e posse
O Tribunal de Justiça do Estado realiza até amanhã a semana “Solo Seguro – Favela”, ação para assegurar a regularização fundiária de imóveis em locais de ocupação. Foram protocolados 728 títulos para reconhecimento do direito de propriedade dos moradores.

Latifúndio familiar
E por falar em direito à propriedade, note-se que os senadores do Ceará ainda não manifestaram como avaliam a PEC da Privatização das Praias. O relator da proposta é o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), cuja família é dona de vasto número de imóveis comprados com dinheiro vivo.

Expectativa
Comunidades como as de Canoa Quebrada (Aracati), do Porto das Dunas (Aquiraz) e Sabiaguaba (Fortaleza), onde há megaempreendimentos turísticos que ocuparam terrenos de marinha, estão muito curiosas para conhecer as posições dos senadores.

Saudades
Faleceu terça-feira passada o jornalista cearense Luiz Antônio Alencar. A morte do querido “Peninha”, como era também conhecido, encerra um capítulo de redações risonhas, vívidas, bem-humoradas e questionadoras. Luiz Antônio deixa, além de saudades, a gargalhada tonitroante, histórias saborosas e a marca de uma memória privilegiada.

Atrás do trio elétrico
Passou na Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa projeto do deputado De Assis Diniz (PT) que concede à cantora baiana Daniela Mercury o honroso título de Cidadã Cearense. Musa do axé, do carnaval e de micaretas, Daniela é também referência LGBTQIAP+.

A paz do Senhor
Nenhum parlamentar evangélico compareceu à reunião da Comissão para dizer sim ou não à homenagem a Daniela.

Sem grilhões
Também é da bancada petista projeto aprovado na CCJR que veda homenagens em eventos públicos a escravocratas e a momentos históricos relacionados à aberração escravagista. Quem assina o texto é a deputada Jô Farias.

Encerramento
E a Assembleia conclui hoje, com sessão plenária, a agenda itinerante cumprida em Canindé nesta semana. A reunião será no auditório do IFCE, a partir das 10 horas.