Como escolher os chocolates mais saudáveis na Páscoa?

Como escolher os chocolates mais saudáveis na Páscoa?

Será mesmo possível escolher um chocolate para comer na Páscoa sem culpa de descuidar da saúde? A ajuda em boa hora vem de Thays Klein Pegoraro, nutricionista da Hapvida NotreDame Intermédica, que revela alguns segredinhos para que o consumidor acerte na hora de escolher a melhor opção.

“Quanto maior a concentração de cacau no chocolate, melhor para a saúde. O detalhe está na menor incidência de açúcar e de gordura saturada. O produto que apresenta a partir de 60% de cacau já é considerado muito bom e, quanto maior a porcentagem, menor será o impacto do consumo no organismo”, explica.

Leia o rótulo

A primeira dica da especialista é observar as informações nutricionais contidas na parte menos vista da embalagem: a de trás. “Nesse espaço, encontram-se detalhes cruciais que podem auxiliar a escolha do seu próximo chocolate. Dados nutricionais, calorias, carboidratos, proteínas, gorduras e outras informações são essenciais, sobretudo para quem segue dietas rigorosas. Referências sobre alergênicos, intolerâncias, presença de glúten e leite são extremamente importantes”, alerta.

Lista de ingredientes

Pouca gente sabe, mas, no quesito ‘lista de ingredientes’, a ordem dos fatores altera sim o produto, já que revela uma ordem crescente de qualidade. “O ideal é que o cacau seja um dos primeiros listados, pois isso diz muito sobre o chocolate. Por exemplo, se o açúcar for o primeiro dos itens, significa que o chocolate será bastante doce. Por essa lista, também é possível descobrir se o produto derreterá lentamente e grudará no céu da boca, caso contenha gordura hidrogenada, pontua.

Benefícios saborosos

A nutricionista explica que o chocolate ajuda a prevenir problemas cardiovasculares, como aterosclerose, infarto e derrame cerebral, por ser rico em antioxidantes. Suas propriedades vasodilatadoras melhoram a circulação sanguínea e ajudam a diminuir a pressão arterial. O consumo moderado pode ajudar a desacelerar o processo de perda cognitiva e estimular a memória. O chocolate puro ou meio amargo estimula a produção de endorfinas e aumenta os níveis de serotonina no corpo, uma substância com propriedades antidepressivas naturais.

“Além disso, ele possui boas quantidades de calorias e é um excelente suplemento nutricional para pessoas que praticam treinos intensos. No entanto, o chocolate deve ser apreciado com moderação, mesmo por pessoas saudáveis, pois é rico em açúcar, gordura e calorias. O consumo excessivo pode causar distúrbios gastrointestinais, como diarreia, náusea e má digestão, principalmente em crianças.”

Sobre a Hapvida NotreDame Intermédica

Com 78 anos de experiência a partir das aquisições durante sua história no país, a Hapvida NotreDame Intermédica é hoje a maior empresa de saúde e odontologia da América Latina. A companhia, que possui mais de 66 mil colaboradores, atende cerca de 15,9 milhões de beneficiários de saúde e odontologia e tem à disposição a maior rede própria de atendimento com um sistema integrado que conecta as unidades das cinco regiões do país. 

Todo o aparato foi construído a partir de uma visão abrangente e integrada, voltada ao cuidado da saúde por meio de 87 hospitais, 77 prontos atendimentos, 331 clínicas médicas e 269 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial, além de unidades especificamente voltadas ao cuidado preventivo e crônico. Dessa combinação de negócios, apoiada em qualidade médica e inovação, resulta uma empresa com os melhores recursos humanos e tecnológicos para os seus clientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *